UMA REFLEXÃO AOS PAIS CRISTÃOS E ÀQUELES QUE DESEJAM CONSTITUIR UMA FAMÍLIA!

Imagem

Gostaria de deixar uma reflexão aos pais cristãos e àqueles que desejam constituir uma família. Será que vocês “pais”, tem exercido de forma correta os seus papéis? Será que vocês têm disponibilizado o carinho e o cuidado que seus filhos precisam? Será que vocês não estão tão preocupados com o suprimento material de seus filhos e estão deixando a desejar no espiritual e no psicológico?
Para você o que é ser pai ou mãe? É oferecer uma boa estrutura física para seu filho morar? É dar uma boa escola? Boas roupas? Bons brinquedos? Bons cursos? Oferecer a eles o que há de mais moderno em tecnologias?Infelizmente, muitos pensam que ser bons pais é disponibilizar aos seus filhos tudo isso, desculpe-me a sinceridade, mas me dá pena se você tem uma mente tão pequena e pensa que ser pai ou mãe é isso, como vocês ainda precisam crescer.

Na realidade ser um pai ou uma mãe de verdade, é acima de tudo entender a tamanha responsabilidade que foi confiada a você no cuidado dos seus filhos, foi a você que Deus atribuiu essa responsabilidade, a primeira das grandes responsabilidades que você tem é ensinar os seus filhos a andarem no caminho do Senhor, “Ensina a criança o caminho em que deve seguir e ainda quando for velho não se desviará dele (PV 22:6). É triste a realidade, mas quantos pais estão tão focados no seu trabalho, nas suas carreiras e no seu ativismo cotidiano que acabam deixando a desejar no cuidado para com seus filhos. A tua responsabilidade se estende não apenas ao suprimento material, isso é apenas uma das esferas, tua responsabilidade se estende também a maior das esferas que é o cuidado espiritual, como também a esfera psicológica. Quantas crianças chegam em casa com sua “tarefinha da escola” e seu pai está muito cansado do trabalho, não tem tempo para lhe dar atenção e orientação, como também sua mãe está muito cansada, ou do trabalho, ou de suas atividades doméstica, e ainda por cima o jornal é mais importante para o pai do que o seu filho, nossa, se ele perder o jornal ele vai ficar desatualizado, isso será uma grande tragédia. Pasmem! E para muitas mães, se ela perder o capítulo de sua novela favorita, para ensinar a tarefinha de seus filhos isso será um desastre, realmente! Continue assim mamãe, amando mais sua novela do que seus filhos e seu marido, a receita exata para o desastre familiar. Pasmem de novo, mas tem sido a realidade vivenciada por muitas famílias cristãs, o google tem assumido o papel de orientador no lugar de muitos pais, o facebook tem assumido o papel de “amigo e companheiro” , a mídia televisiva tem assumido o papel de direcionador dos valores e princípios, e a omissão dos pais se tornando cada vez mais crescente. Muitos ainda se questionam porque seus filhos estão tão problemáticos. Tá na hora de se olhar no espelho né papai e mamãe?
Será que alguém aí tem condições de apertar o botãozinho off da TV para que tanta baboseira televisiva pare de entrar em sua casa? Será que alguém aí tem condições de entender que o homem, biblicamente deve assumir o papel de sacerdote do seu lar e ser sacerdote implica em cuidado geral de toda sua família? Esse homem tem responsabilidade por ser o mantenedor financeiro, mas não é só isso, ele também tem responsabilidade de ser o mantenedor espiritual no cuidado para com seus filhos e sua esposa. Será que alguém aí tem condições de entender que o papel bíblico da mulher é de ser auxiliadora de seu marido em todas as instancias, inclusive no cuidado para com seus filhos? Não sou contra a mulher ser uma profissional e ter seu trabalho, eu inclusive trabalho, mas a missão que Deus deu para a mulher no cuidado de seus filhos, do seu marido e de seu lar é bem mais importante do que seu lado profissional, e ser mais importante significa que se for necessário deixar um de lado, deve ser deixado o que é menos importante, nesse caso o seu profissional.
Então, diante disso penso que há muitos “homens” e “mulheres” que não estão assumindo papéis de pais de forma correta, parece que estão brincando de casinha, cuidado! casar e ter uma família é algo muito sério, acredito que muitos “homens e mulheres” já casados precisam aprender o que realmente é ser um “homem e uma mulher”, no contexto de responsabilidade para com suas famílias, está na hora de acordar e reparar o que precisa ser reparado.
Àqueles que ainda não constituíram a sua família, peço que parem e reflitam!!!! Vocês já cresceram? (não estou falando de condições fisiológicas, claro), vocês são maduros o suficiente para assumir a tamanha responsabilidade, no cuidado e formação espiritual e psicológica de seus filhos? Se a resposta for não, pelo amor de Deus nem pensem em constituir uma família agora!
O homem que não tem maturidade espiritual e psicológica para cuidar de sua esposa e de seus filhos, ainda é um menino, precisa crescer antes de querer ter sua família e a mulher que não tem maturidade espiritual e psicológica para cuidar de seus filhos e de seu esposo, tendo isso como uma missão que Deus lhe confiou, também precisa crescer, talvez seja a hora de você moça deixar de brincar de boneca e você rapaz deixar de brincar de carrinho, pois família é coisa séria, se não está preparado, melhor nem pensar em constituir uma agora.

Que Deus os abençoe!

Niérika Barbosa.
Facebook: https://www.facebook.com/ny.barbosa.5

Anúncios

1 comentário

  1. E nós, filhos, pensamos que um futuro lar seria muito melhor do que o que temos hoje?

    Não devemos, antes, recompensar a nossos pais, antes de pensar de remendar a veste velha?

    Salmos 127-128 (Eu e minha casa serviremos ao Senhor)!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s