UM MAL CHAMADO HIPOCRISIA

 

Esses dias estava reflexivo sobre as atitudes de muitas pessoas que estão inseridas no arraial evangélico e são consideradas como cristãos no nosso meio. E essa reflexão veio exatamente pensando no que Filipenses 2:12 nos diz: “Assim, pois, amados meus, como sempre obedecestes, não só na minha presença, porém, muito mais agora, na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor”

O texto nos mostra uma orientação da parte de Paulo para que os filipenses pudessem permanecer obedecendo suas orientações para a caminhada da vida. E a primeira coisa que podemos observar é a maneira como essas pessoas encaravam as orientações de Paulo. Isso nos remete a uma situação bastante interessante no nosso meio e perceptível a olhos nus.

            Muitos de nós não seguem os conselhos e orientações de seus pastores. Quem por ventura não já ouviu alguma exortação e até se esforçou para cumprir aquilo que fora dito, mas com o tempo simplesmente esqueceu? E se isso não aconteceu com você, mas você conhece alguém que passou por isso. Paulo tinha alegria nos filipenses porque eles se portavam de maneira correta sempre. E a intenção dele ao dizer tais palavras era de encorajá-los a permanecerem firmes e mostrar que ele estava alegre pela forma que eles agiam. (Qual líder não fica feliz em ver seu liderado agindo de maneira prudente?), não somente isso, mas Paulo os encoraja a não ceder como faziam os hipócritas, ou seja, que hora tinham comportamento louvável na frente e por trás viviam como queriam.

            E sinceramente, como nós temos hipócritas no nosso meio!

            Parece que a comunhão com Deus se limita a eventos, e cultos de domingo a noite. Isso acontece porque essas pessoas não estão preocupadas com sua vida espiritual, mas sim com “o que o pastor vai pensar”. Pessoas que buscam ser aprovadas pelas outras quando estão diante delas, mas que sua conduta “fora” é totalmente deplorável. Foram inúmeras as vezes que já ouvi pessoas relatando aberrações sobre aqueles que foram chamados para serem sal e luz. Em inúmeras vezes pessoas ouvi pessoas dizendo: “ser crente como fulano de tal? Não quero”. Quantos de nós conhecemos casos semelhantes?

            Ouvi certa vez em um filme, que a igreja deixou de ser hospital para ser um palco de teatro, onde as pessoas ao invés de se mostrarem quem de fato são: pecadoras, carentes da graça, errantes etc. Elas colocam suas máscaras demonstrando exatamente aquilo que não são, como forma de maquiar seus atos e se mostrarem super homens ou mulheres maravilhas. Seus comportamentos são distintos na igreja e fora dela, como se houvesse uma separação entre o sagrado e o secular. Onde nós sabemos, que para um cristão nada é secular, tudo é sagrado (Spurgeon).

            Paulo se preocupa com duas coisas, a primeira delas é que os filipenses não fossem condenados em suas atitudes diante de uma geração corrupta(ver.15) e segundo para que eles mesmos pudessem se santificar a cada dia(desenvolver a salvação-vers. 12), porque haveria de trazer glória para Deus (cap1:11c). Ao contrário do que alguns podem pensar, o que Paulo está dizendo aqui, não é que ele acredita que a pessoa vai ganhando a salvação dia após dia, de acordo com suas obras. Porque ai ele entraria em desacordo com o que ele mesmo já havia escrito em Gl2:16; 2 Timóteo 1:9.

Então o Paulo não quer dizer isso, o que ele pretende com esse pedido é exporque o processo de santificação, que sem ele nós não veremos a Deus, é de muita importância e isso depende de nós. Mais uma vez, não me refiro a salvação em si, mas a santificação. Pois é uma busca diária de uma vida devota a Deus, e da mortificação da carne.

Pra que fique mais claro, a palavra SALVAÇÃO inclui esses aspectos:

A Regeneração – é um ato de Deus, exclusivamente, onde Ele produz um efeito no homem, que seria a mudança e nesta ação o homem é totalmente passivo.

A justificação – não é uma mudança, mas é o ato judicial instantâneo de libertação e selo da salvação.

E a santificação – onde o homem não é passivo, nem é uma ação instantânea, porque ela é um processo que consome tempo, inclusive para toda a vida.

            Com isso meus irmãos, eu quero encorajá-los terem suas voltadas para louvor do Senhor, independente o lugar e hora. Que ao recebermos instrução baseada na bíblia, sejamos rápidos em praticar para que Deus seja glorificado. E que a busca pela santidade seja algo real e prazeroso em nossas vidas.

Diego Hallen

https://www.facebook.com/diego.hallen

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s