#mulherescristas

10 razões do porque tudo vai ficar bem

tumblr_l8x02qTb551qd6wm6o1_400_large

Quando estamos passando por algo difícil, nós só queremos alguém para nos olhar nos olhos e nos assegurar: “Vai ficar tudo bem.” Eu não sei o que você está enfrentando agora ou o que está ao virar da esquina, mas eu adoraria ser esse alguém para você hoje. Em linha reta na Palavra de Deus, aqui estão dez maneiras de você saber que vai ficar tudo bem.

  1. Deus é sempre, sempre, sempre bom.

“Tu és bom, e o que fazes é bom; ensina-me os teus decretos”. (Salmos 119: 68).

“O Senhor é bom para todos; a sua compaixão alcança todas as suas criaturas”. (Salmos 145:9).

Deus é bom por completo. Ele não está flutuando em uma nuvem, com um raio em volta pronto para ser disparado. Mesmo quando as nossas circunstâncias são muito, muito ruim, podemos ter esperança em nosso bom Deus.

  1. Deus ama você.

“Eu vos tenho amado com um amor eterno; portanto, eu continuei com a minha fidelidade a você”. (Jeremias 31:3).

“Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

Tempos difíceis são mais fáceis de enfrentar, se você sabe que alguém está na sua esquina, a sua espera. Deus o ama profundamente. Isso nem sempre pode ser sentido como verdade. Por causa disso, eu me esforço a dizer esta frase muitas vezes:

Vou meditar sobre o seu amor na cruz, e seu poder para a ressurreição. A cruz permanece através dos tempos como uma nota gigante sobre o amor de Jesus.

  1. Deus está lutando por você.

“Eles lutarão contra você, mas não prevalecerão contra ti, pois eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar” (Jeremias 1:19).Se você está olhando para um inimigo e se perguntando como você pode, eventualmente. O mesmo Deus que ajudou David a matar um gigante, o mesmo Deus que ajudou Josué a derrubar uma cidade com uma trombeta, luta  por você.

  1. Deus não vai deixar esse momento passar em vão.

E sabemos que, para aqueles que amam a Deus todas as coisas cooperam para o bem, para aqueles que são chamados segundo o seu propósito (Romanos 8:28).

Tudo o que você está passando agora, Deus já tem um plano para usá-lo para o seu bem. Eu ouvi dizer isso desta maneira: o teste de hoje é o testemunho de amanhã; seu conflito será a sua mensagem. Confie que há esperança para além de problemas de hoje.

  1. Ele nunca vai sair do seu lado.

“Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará”. (Deuteronômio 31:6).

“Eu estarei sempre convosco, até ao fim dos tempos” (Mateus 28:20)

Deus não vai abandonar o barco quando as coisas estiverem difíceis. Assim como Ele se juntou a Sadraque, Mesaque e Abedenego na fornalha ardente, Ele vai ficar com você quando as coisas estiverem difíceis.

  1. Os problemas de hoje são temporários.

“pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles”. (2 Coríntios 4:17).

Esta vida é apenas um ligeiro desvio em comparação com a eternidade. Não vai ser sempre assim.

  1. O céu é real.

Podemos ter esperança porque estamos indo para algum lugar melhor do que este mundo cheio de pecado.

“Pois não temos aqui nenhuma cidade permanente, mas buscamos a que há de vir”. (Hebreus 13:14).

O que é que vai acontecer quando chegarmos lá? Continue lendo.

  1. Suas lágrimas secarão.

Ele enxugará toda lágrima de seus olhos, e a morte não será mais, nem haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram (Apocalipse 21:4).

Um dia virá em que todos vão parar de chorar. Talvez você já chorou muito hoje, mas virá o dia em que todos vão parar de chorar.

  1. Você está no seu caminho para aperfeiçoar.

“Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem que falte a vocês coisa alguma”. (Tiago 1:2-4).

Tiago nos lembra que podemos responder aos problemas com alegria, porque a pressão do sofrimento produz diamantes em nós. Uma das maneiras que Deus faz com que todas as coisas cooperem para o nosso bem (ver ponto 4) é usando as coisas difíceis para nos tornar mais semelhantes a Ele.

  1. Um cavalo branco está montando em seu socorro.

Agora eu assisti quando o Cordeiro abriu um dos sete selos, e ouvi um dos quatro seres viventes dizer com uma voz de trovão: “Vem!” E olhei, e eis um cavalo branco! E seu cavaleiro tinha um arco e uma coroa foi dada a ele, e ele saiu vencendo, e para vencer (Apocalipse 6:1-2).

Se você é saudade de um salvador, não procure mais longe do que Jesus.

Se você é desejoso de um salvador, não procure mais longe do que Jesus. O dia está chegando quando Ele vai montar em um cavalo branco e derrotar todos os inimigos que se levanta contra nós. Se você precisa de um herói neste momento, saiba que Ele já está a caminho.

Traduzido e Editado por: LARYSSA LOBO
https://www.facebook.com/laryslobo
 Link original: http://www.liesyoungwomenbelieve.com/10-reasons-why-it-will-be-okay/?utm_content=buffer9161c&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer
Taken from Erin Davis’ blog post “10 Reasons Why It Will Be Okay.” www.LiesYoungWomenBelieve.com. Used with permission.
Anúncios

O feminismo está rindo do Nosso Deus

11056849_789866354434711_327464176_n

O gigante estava no morro rindo do povo de Deus. “Se vocês são os filhos de Deus, saiam e lutem comigo.”

Como se atreve aquele gigante zombar dos filhos de Deus. Como ele ousa chamá-los de “gafanhotos” e dizer que ele iria esmagar e dá-los de comida aos pássaros. Onde estavam os guerreiros para se levantar contra ele? Onde estava o povo de Deus? Por que eles estavam permitindo que este pagão falasse tão desafiadoramente contra o único verdadeiro Deus?

Finalmente, um simples menino falou. “Vou lutar contra o gigante!”

E com essas cinco poucas palavras o acampamento ficou em silêncio incrédulos

“Ele é apenas um garoto … aquele gigante vai matá-lo”, sussurrou os soldados e guerreiros.

O garoto não se importou. Ele sabia que Deus estava do seu lado. Ele sabia que Deus iria lutar por ele e para ele. Ele não tinha medo. Ele confiava que o que Deus disse era verdade.

David não recuou, em vez disso, ele corajosamente proclamou: “Quem é este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?”

Quando Golias viu Davi ele riu e zombou dele. Davi se moveu. Ele olhou direto nos olhos de Golias e disse: “Você vem contra mim com espada e com lança e com um dardo, mas eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou. Neste dia o Senhor te entregará na minha mão, e eu vou te atacar e cortar sua cabeça. ”

David foi ousado, porque ele sabia que o Senhor iria lutar por ele.

Bam! Um tiro perfeito.

O gigante caiu no chão. O menino puxou a enorme espada do gigante e cortou-lhe a cabeça. O povo de Deus prevaleceu graças à fé de um simples menino pastor.

O grande gigante em nossa geração.

Quantos de vocês já leram essa história em suas Bíblias? Essa é a história de Davi e Golias. Eu não posso te dizer quantas vezes eu já li, ouvi ou assisti a essa história.

Mesmo que eu tenha lido essa história dezenas e dezenas de vezes, ela me bateu de uma forma totalmente nova na semana passada.

Percebi que Davi não se intimidou com o tamanho de Golias. Ele não se importava quem Golias era, de onde veio ou o que força Golias possuía. Davi fixou os olhos em Deus e em comparação à Deus Golias pareceu ser uma pulga.

Temos um Golias zombando do nosso Deus de forma maciça. O nome dela é feminismo.

Ela está em pé sobre o morro rindo de nós por muito tempo. É hora de fazer o que Davi fez. É hora de levantar-se para o feminismo e dizer “Basta!”

Quando reli a história de Davi e Golias eu imediatamente coloquei o feminismo no rosto de Golias. Assim, muitas das ideias feministas modernas são literalmente uma zombaria na face de Deus.

“Identidade de gênero? Isso é uma coisa do passado. “

“Funções no casamento? Ha! Apenas para os fracos e sem inteligência. “

“Mulheres e submissão? Você só pode estar brincando … “

“Só capachos ficam em casa. Saia e comece uma vida. A carreira é muito mais valiosa do que a família. “

E é assim que o gigante feminista ri e zomba nosso Deus. Onde estão as pessoas de Deus? Principalmente se escondendo com medo, assim como os israelitas.

É hora de pegar nossas pedras e apontá-las diretamente para a testa do feminismo. Nós temos nos escondido e sido atormentados por muito tempo. Nós, assim como Davi, conhecemos as verdades de Deus. Podemos ler a Bíblia, ter consciência e ver que a maioria das ideias do feminismo não coincidem com as Sagradas Escrituras.

Então, por que nos sentimos intimidados diante dos nossos colegas, professores, amigos e vizinhos, a então lutar por aquilo que sabemos que é verdade? É porque nós estamos olhando para o gigante e não para Deus. Nossos olhos estão fixos na pessoa errada.

Se realmente confiamos em Deus para ser tudo o que Ele diz que é, nós corajosamente devemos nos levantar e viver o projeto de Deus para nós, como mulheres. Estaríamos sendo apenas como Davi. Nós não iríamos ceder à pressão dos pares dos maiores e mais fortes do que nós. Nós não iríamos ceder as pressões da cultura dos Estados Unidos para ser uma determinada maneira.

Gostaríamos de lutar pelo desígnio de Deus para as mulheres, porque nós sabemos que os caminhos de Deus são os melhores. Gostaríamos de lutar para sermos mulheres segundo a vontade de Deus, porque sabemos que Deus está trabalhando em nós e por nós.

Gostaríamos de rejeitar as ideias influentemente esmagadoras do feminismo, porque nossas mentes estão fixas em nosso Criador.

Como viver a feminilidade definida por Deus em uma cultura feminista

Eu percebo que um estilo de vida definido por Deus é muito difícil e, muitas vezes realmente confuso. Vou deixar vários links para posts do nosso blog que irá mostrar-lhe especificamente como viver isso. (Os links são de textos em inglês, que desejo traduzir em breve).

(Qual é o propósito de ser uma garota? – LINK: http://www.girldefined.com/purpose-girl)

(Igualmente valiosos, Propositadamente Diferentes – LINK: http://www.girldefined.com/equally-valuable-purposely-different)

(Igualdade com os homens – O que não significa uniformidade – LINK: http://www.girldefined.com/equality-guys-sameness)

Se você estiver disposto a se levantar contra a gigante do feminismo e abraçar a feminilidade definida por Deus, não há como dizer como Deus pode usar você. Davi saiu na fé, na confiança de que o que Deus disse era verdade e, finalmente, matou o gigante.

Você vai se juntar a nós para rejeitar o gigante feminista na nossa cultura e abraçar o desígnio de Deus para você como uma mulher?

TRADUZIDO E EDITADO POR LARYSSA LOBO
https://www.facebook.com/laryslobo

Este post é uma tradução de um artigo de Bethany Baird publicado originalmente no Blog “Girl Defined”, traduzido e publicado em Português. Link Original: http://www.girldefined.com/feminism-laughing-god

UMA ESPOSA, MÃE E MULHER DESESPERADA POR VER OS HOMENS DE VOLTA AO SEU POSTO

1846771-3495-atm14

Gente, é uma vergonha o que estamos vendo e ouvindo nesse Brasil…

Não sou machista, mas tenho uma postura bíblica no que se refere ao governo das mulheres. Ter a Dilma como presidente do Brasil é uma clara evidência de que estamos sob julgamento de Deus. Tudo começou lá trás, quando resolvemos atender a voz da serpente que dizia: “não se submeta! Seja autônoma! Seja independente! Não dependa do homem!”. E embaladas nessa cantiga diabólica muitas deixaram seu lar, seus filhos, deixaram de lado a graça de ser feminina, doce, de ser a parte mais frágil, a ajudadora idônea, que não era de forma alguma inferior ao homem, pelo contrário, “era-lhe igual”, mas ocupava outro papel que mantinha nossa sociedade equilibrada.

Família se torna um caos, confusão nos papeis, divórcios, brigas, disputas… Permissividade instalada nas famílias, pecado à solta, hoje, assistimos uma mulher com rosto e voz de homem, mentindo descaradamente para nossa vergonha e principalmente para a vergonha dos homens que se calaram e cederam às pressões das mulheres em busca de realização.

Homens, faço um apelo, voltem a ocupar o espaço que lhes cabe!!! Sejam homens! Sejam cabeças! Não cedam aos caprichos da antiga Eva! Deus pôs vocês como líderes e cabeças, portanto, cumpram com determinação esse chamado. Sejam líderes no lar, pais responsáveis, maridos amantes e trabalhadores incansáveis. Voltem a ocupar os postos de liderança! Quanta falta fazem os homens… Por amor de nós, mulheres, voltem! Eu imploro! Para não dizer que sou do contra, leia Isaías 3. Você entenderá que quando mulheres e crianças dominam é sinal de juízo divino sobre os homens, para a sua vergonha. “Ai do ímpio! Mal lhe irá; porque se lhe fará o que as suas mãos fizeram. Os opressores do meu povo são crianças, e mulheres dominam sobre ele; ah, povo meu! Os que te guiam te enganam, e destroem o caminho das tuas veredas.” (Isaías 3:11-12).

(De uma esposa, mãe e mulher desesperada por ver os homens de volta ao seu posto)

Via: Feminina, 23 de setembro de 2014

https://www.facebook.com/femininamulher/posts/729833667052327

_________________________________________________________

Niérika Barbosa

https://www.facebook.com/ny.barbosa.5

MULHERES QUE AMAM TEOLOGIA E A ESPERANÇA DO FUTURO

583

Quando se fala em teologia, normalmente as pessoas fazem uma associação imediata a sistemas doutrinários complexos, controvérsias infindáveis, linguagem técnica desconhecida do grande público, incessante especulações, muita teoria e pouca prática, sendo, portanto, vista como algo enfadonho e que pouco interessaria a uma mulher e mesmo grande parte dos cristãos em nossos dias julgam a teologia como algo desnecessário para a vida da igreja, afinal quem nunca ouviu a indagação: “Estudar teologia pra quê?” A razão dessa antipatia, segundo os próprios cristãos, seria por que a teologia apaga o fervor espiritual e torna as pessoas céticas e até mesmo arrogantes. A figura do teólogo é ainda mais assustadora; semelhante aos monges da Idade Média que viviam enclausurados em bibliotecas estudando obras raras, traduzindo textos de línguas mortas e pesquisando sobre assuntos de pouco interesse para a maioria das pessoas.

Mas a teologia não está limitada aos acadêmicos e eruditos, na verdade todos nós somos teólogos, mesmo as pessoas que desprezam a teologia elas fazem teologia quando respondem a perguntas como: Deus existe? Quem é Deus? Porque você é cristão? Por que você acredita que o homem é salvo por meio da fé? Em que você baseia a sua crença nisso ou naquilo? R. C. Sproul apropriadamente disse:

“Nenhum cristão pode evitar a teologia. Todo cristão é um teólogo. Ele pode não ser um teólogo no sentido técnico ou profissional, mas ainda é um teólogo. A questão não é ser ou não ser um teólogo, mas se somos bons ou maus teólogos.”

Então como todos os cristãos fazem teologia (seja boa ou ruim), ao manifestar sua crença e defende-la argumentando a partir das Escrituras, com as mulheres não é diferente e podemos ver, ainda que sutilmente, um número crescente de jovens mulheres interessadas em teologia, lendo os grandes teólogos do passado, participando de conferencias teológicas, comprando livros doutrinários e uma explosão de blogs e pages voltados para a área teológica nas quais vemos a presença mulheres como membros ativos de suas publicações. Todo esse interesse do publico feminino em aprofundar o entendimento no conhecimento bíblico tem refletido numa postura bastante esperançosa, pois essas jovens têm resgatando para suas vidas o elevado conceito do casamento, o chamado para ser esposa e mãe, o conceito bíblico de submissão, a modéstia, a busca por pureza e uma docilidade contagiante quanto ao que Deus é e a Sua vontade revelada e esse é exatamente o propósito da teologia: conhecer a Deus através do que Ele mesmo revelou de Si, mas não deve resumir-se a isso, conhecer só por conhecer, mas conhecê-lo para ama-lo! Nosso Senhor expressa no primeiro mandamento a Sua vontade de ser amado por Seu povo e nos convida continuamente para nos achegarmos a Ele, estreitar nosso relacionamento e depositar nossas afeições em Sua pessoa Bendita e totalmente desejável, mas para isso é preciso conhecê-lo, pois não podemos amar o que não conhecemos.

Ao conhecer e amar, consequentemente somos levadas a nos esforçar para agradar a quem amamos. E é nisso que está à esperança para nossa geração de mulheres, que ao conhecer a Deus e amá-lo, deve necessariamente buscar uma vida de submissão a sua Palavra e se conformar aquilo que Ele requer de nós, desprezando os conceitos rebeldes que imperam nesses dias conturbados e não aceitando os exemplos das “heroínas modernas” que são promiscua, dona do próprio nariz, faz o que quiser de suas vidas, abortam seus filhos, adulteram, são escravas de seus patrões, não respeitam seus maridos e abominam tudo o que Deus ama, mas que você, moça cristã, continue a persistir em conhecer a Deus através do estudo de Sua Palavra, da leitura de livros de pessoas que estudaram mais que você e que tem muito a te ensinar, a ouvir com atenção e respeito o conselho dos mais velhos, isso é agradável ao Senhor, a participar de estudos bíblicos, procure conversar com suas amigas sobre tudo o que você tem aprendido, se esforce para influencia-las para que elas tenham também o desejo de buscar conhecer a Deus e ore constantemente ao Senhor para preservar o seu coração em pureza e santidade. Muitas de vocês serão as esposas dos filhos de Deus que agora vivem neste mundo, eles assim como os do passado, precisam de auxiliadoras idôneas, mulheres que amam a Deus, que o temem e guardam os seus mandamentos, que são um refugio onde seus maridos encontram paz e ternura, vocês também serão as mães da próxima geração e a criação de seus filhos dependerá do que vocês sabem sobre Deus e do seu relacionamento de amor com Ele. Os filhos que vocês virão a ter precisam ser doutrinados no conhecimento verdadeiro de Deus e você e seu marido tem a responsabilidade de ensiná-los. Então continuem a se dedicar a estudar teologia, comprem muitos livros, assistam todas às conferencias que vocês puderem, participem de estudos bíblicos, conheça a historia da Igreja, se aprofunde no conhecimento doutrinário e sua aplicação, case todo esse conhecimento com uma vida de oração e procure ensinar a outros com humildade e mansidão “aproveitando bem cada oportunidade porque os dias são maus” (Ef 5.16), busque viver de forma “irrepreensível e inculpável no meio de uma geração corrompida e perversa, na qual resplandeceis como luminares no mundo” (Fp 2.15).

O Senhor Jesus disse que “a vida eterna é esta: que conheçam a Ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (Jo 17.3). Conhecer nosso Senhor é a vida eterna e nisso está à felicidade sem fim. Conhecer a Deus é o maior de todos os privilégios e quanto mais vocês o conhecê-lo mais irão ama-lo e mais se dedicarão em agrada-lo pela obediência a Sua vontade. Se nos deixarmos enfeitiçar pelos devaneios desse “cristianismo gospel” e desprezarmos as Sagradas Escrituras para irmos de mar em mar em busca de experiências sensoriais, as próximas gerações amaldiçoarão os nossos nomes, pois não deixaremos nada sólido para elas, como as antigas gerações deixaram para nós: o exemplo de que em meio a todas as invenções confusas que os seres humanos estão inclinados a se precipitarem colocaram a Escritura no lugar mais alto para que ela (e somente ela) nos diga quem Deus é, quem nós somos e o que Ele quer de nós. A teologia é de extrema importância para nossa vida e quando ela é desprezada o povo perece porque se relativiza os valores e preceitos de Deus, e princípios errados geram praticas erradas. Quando não conhecemos a Deus não podemos nos relacionar com Ele de forma correta, muito menos agrada-lo e nossa vida é um reflexo direto da nossa relação com Deus. Se formos corretas em nosso relacionamento com Deus, seremos corretas em todos os demais.

Que Deus continue a derramar a Sua graça sobre nós para que continuemos a avançar para aquilo que Ele quer que nós sejamos: filhas santas e irrepreensíveis (Ef 1.5), a semelhança de Seu Filho (Rm 8.29).

Sonaly Soares

http://www.facebook.com/sonalyteo.ref

IDOLATRIA – UM AMOR A MIM MESMO

AVeryPresentHelp

Dando continuidade a sessão que fala sobre Idolatria, hoje irei falar da Idolatria a si mesmo. Quem nunca leu a expressão: “se eu não me amar muito ninguém vai me amar também!” ou até “se eu não me valorizar, ninguém vai valorizar”. Todos nós, não é mesmo? Se não já também fizemos uso dessa frase em algum momento de nossa vida.

Tenho visto e ouvido grande apelo para o uso dos “auto alguma coisa” hoje em dia. Vemos a “auto estima”, a “auto suficiência”, “auto dependência”, “auto gestão”, “auto sacrifício”, “auto crítica”, “auto biografia”, “auto expressão” ,“autonomia” e etc.

Auto, em alguns dicionários tem dito por significado: “Exprime a noção de próprio, de si próprio, por si próprio.

Ao mesmo tempo que tem crescido a noção de altruísmo, que é o fato de cada vez mais a sociedade estar em busca de ajudar o outro, tem crescido por igual as “auto alguma coisa”, como meio de busca de algo bom e melhor para si próprio.

Como será que isso tem influenciado a Igreja e consequentemente o pensamento cristão?

Gostaria de tratar três pontos com vocês de como isso influencia os trabalhos dentro da igreja, o primeiro é:

. “Só eu me levanto para realizar algum trabalho”.

O que mais tem acontecido são pessoas que dizem que somente elas buscam realizar trabalhos em suas Igrejas. Pensando no papel da mulher cristã, muitas falam que somente elas que se empenham em realizar grupo de estudos para mulheres, cuidar uma das outras e cuidar das crianças, ou outras atividades que poucas se mostram interessadas em fazer.  Essas pessoas acreditam que só elas que se empenham de verdade em buscar meios de edificar a igreja, acreditando que mais ninguém toma partido para realizar algo.

. “Só eu sou competente o suficiente para realizar determinada atividade.”

Outro tipo de idolatria a si mesmo dentro da igreja vem das pessoas que crêem que determinadas atividades só poderão ser bem realizadas por si próprias. Isso é tão preocupante porque vemos o quanto trazemos essa noção dos nossos trabalhos, ou estudos em universidade e escolas, de  quanto o trabalho em grupo e co-dividido é complicado e que por vezes é melhor realizar o trabalho sozinho mesmo, onde se poderá ter mais proveito e melhor resultatividade.

. “Só eu mereço o mérito por todo trabalho.”

Outro grupo pensa que somente eles merecem o mérito por todo o trabalho realizado. Esse tipo de pessoa, transvestida por idolatria, acredita que somente ela merece o mérito por determinada atividade desenvolvida, somente ele merece o reconhecimento da liderança da igreja e até da comunidade por ter realizado tal feito. Se esse mérito não for dado, é bem capaz de haver ira e divisão por se acreditar que o trabalho bem feito não foi reconhecido.

Sabemos bem que esses três pontos poderiam ser estendidos por bem mais pontos. Mas vamos refletir sobre como devemos combater essa Idolatria presente nas nossas igrejas e que está bem próxima ou até mesmo dentro de nós.

1º Suficiência em Cristo

Quando pensamos que toda nossa suficiência está em Cristo nos rendemos ao seu imenso e eterno amor. Se fôssemos esperar melhorias ou resolução para algo tão somente em nós mesmos estaríamos perdidos. Cristo morreu na cruz e nos mostra que nossa Salvação e Dependência vêm tão somente Dele. Deus é o nosso Pai, que nos ama e nos guarda. Não precisamos de nada além da suficiência em nosso Redentor para termos paz, sermos felizes ou realizarmos atividades.

2º Humildade e Glória de Deus

Todo cristão realmente consciente entende que nenhum mérito ele merece e que sim toda Glória vai e está somente em Deus. Isso que se chama de humildade, o reconhecimento de que o que você realiza, sejam trabalhos evangelísticos, seja uma visita a algum irmão da igreja doente, seja uma ajuda dada a uma família que precisa, tudo isso a honra e a glória deve ser dada tão somente a Deus, que lhe chamou e lhe renova todos os dias à se empenhar em obras e ajudas, mas não para seu mero prazer, mas sim para a glória do nosso Senhor, reconhecendo que sem Ele nada disso aconteceria.

3º Amor pela Igreja

. O terceiro ponto nos lembra que ao amarmos o povo de Deus nos empenhamos em cuidar deles sem nenhum reconhecimento ou mérito qualquer. Reconhecemos que somos idólatras ao querermos que alguém chegue até nós e nos parabenize sobre algum trabalho que fizermos de bom na nossa igreja. Penso muito em pastores que se empenham horas e horas em sermões que são centrados em Cristo e que muitas vezes somos compelidos a parabeniza-los por tamanho empenho, mas devemos lembrar à eles e à nós que a Glória é dada somente a Deus que chama esses homens a cuidarem tão bem do Seu povo, utilizando do único meio referido por Deus para a edificação da Igreja, Sua Palavra.

Esse texto, mesmo estando na coluna das Mulheres Puritanas, serve de reflexão à todos. Que Deus nos ajude e guie a cumprir Sua vontade e matar dia após dia dentro de nós esse ímpeto de busca da glorificação, todos nós temos uma pontinha de Idolatria dentro do nosso coração e somente Deus pode nos livrar dela.

Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo. Pois em Cristo habita corporalmente toda a plenitude da divindade, e, por estarem nele, que é o Cabeça de todo poder e autoridade, vocês receberam a plenitude. (Colossenses 2:8-10)

 LARYSSA LOBO

https://www.facebook.com/laryslobo