TOMA A TUA CRUZ E SEGUE-ME!

tome-a-sua-cruz

“Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.” (Mt. 16.24)

 

Apesar de estarmos vivendo em uma sociedade cada vez mais secularizada, temos uma quantidade enorme de pessoas em nosso país que dizem professar a fé cristã. Segundo o último Censo, somos mais de 42 milhões de protestantes no Brasil, porém o significado de ser cristão parece ter sido um pouco distorcido. Qual o verdadeiro sentido da fé e do proceder cristãos? Aqui, o próprio Cristo nos oferece um vislumbre de como vivermos: negando-nos a nós mesmos, tomando nossa cruz e seguindo-O.

Negar, ou renunciar, a nós mesmos tem a ver com abrir mão de nossos desejos e vontades próprios, sejam eles quais forem, e render-nos à vontade revelada de nosso Deus. Como nos mostra os versos seguintes, não buscar ganhar nossa vida, mas perdê-la por amor a Ele, pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma? Uma vez regenerados, somos livres das correntes do pecado, mas somos feitos servos de Cristo, ou, numa melhor tradução, escravo (Rm 6.22); e, um escravo não tem vontade, senão fazer a vontade de seu senhor.

Após isso, Jesus fala-nos sobre tomar a nossa cruz. O teólogo A. W. Pink citou três significados que a cruz assume nessa ilustração:
1. O mundo odeia a cruz! Ora, se o mundo odiou a Cristo e nós somos o seu povo, conseqüentemente o mundo também nos odiará (Jo 15.18). Isso não é muito difícil de observar, basta você pregar o verdadeiro evangelho, e verá que muitos o aborrecerão.
2. A cruz significa uma vida que é voluntariamente rendida à vontade de Deus. O próprio Cristo ao se fazer homem, não cumpriu a sua vontade, mas a daquele que o enviou (Jo 6.38). Da mesma forma, devemos, também, cumprir a vontade daquele que nos chamou, revelada em sua própria palavra.
3. A cruz significa sacrifício e sofrimento vicários. Seguindo o raciocínio do parágrafo anterior, da mesma forma que Cristo morreu para que tivéssemos vida, devemos também perder a nossa vida para que possamos viver. Todo benefício e conforto que almejamos para essa vida são inúteis quando nos damos conta da efemeridade da vida e comparamos com o que temos à nossa frente, à nossa espera. Portanto, mesmo que durante um pouco de tempo sejamos contristados, fitemos nossos olhos na imarcescível coroa da glória destinada a nós outros.

Não sei se você percebeu, mas até agora só falei de Cristo. Do que você deve fazer também, mas sempre colocando Cristo como padrão. E isso é seguir a Cristo. Voltando ao começo do texto, por que muitos ditos cristãos não têm entendido muito bem o que é ser cristão? Pois não é isso que é pregado hoje. As igrejas não falam sobre abnegação, tomar a sua cruz, mesmo que isso signifique sofrimento, entre outros temas como inferno e pecado. Quem quer ouvir isso? Se o fosse, muitos repensariam sua fé, veriam que isso não se aplica à suas vidas e esse número, com certeza, diminuiria bastante. Jesus Cristo é o Salvador. Aquele que justificou e redimiu seu povo. Aquele que se fez homem e viveu uma vida moralmente perfeita; por amor, bebeu até a última gota do cálice da ira de Deus, e, por isso, podemos ser salvos. Ele não um gênio da lâmpada que atende todos os desejos de crianças tolas.

O Pr. Paul Washer, na última edição da Consciência Cristã, disse o seguinte: “Não me chame para ir à sua igreja para ouvir sobre prosperidade material, não me chame pra ouvir sobre como posso ganhar carros, roupas e casas. Se eu gastar meu tempo na sua igreja, me fale sobre Cristo!” Se, contudo, você deseja continuar pregando ou vivendo essa falsa teologia da prosperidade, que o faça. Porém, não utilize a morte de Cristo como fato legitimador dos seus pedidos (ou decretos?) para seus desejos gananciosos, nem use a Escritura como embasamento para aquilo que Deus não prometeu. Você está apenas trazendo mais juízo para si!

Jovem, não se iluda com o que os pregadores modernos dizem ou oferecem. Citando mais uma vez o Washer, “Jesus prometeu-lhe duas coisas: uma cruz para morrer e uma vida eterna com Ele.”. E esta vale todo sofrimento daquela. Viva para o que é eterno. Sirva a Cristo com todo o vosso coração. Tome sua cruz e siga-O!

 “Pois um dia em lugar de uma cruz,

A coroa Jesus me dará!”

Gustavo Buriti
Facebook: https://www.facebook.com/gustavo.buriti.1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s